standvirtual.com Vender Veículo

4 SUV usados a gasolina até 20.000€

4 SUV usados a gasolina ate 20 mil euros

Os bonitos e elegantes SUV não foram feitos apenas para desbravar territórios inóspitos. Aliás, a maioria não serve para isso de todo, apresentando uma veia mais dotada para o asfalto. E se a ideia não passa por fazer milhares de quilómetros por mês, uma solução a gasolina poderá ser feita à medida para as necessidades.

Abaixo dos 20 mil euros, há muitas e diferentes propostas, mas destacamos quatro que, relativamente diferentes entre si, poderão assentar que nem uma luva a distintas necessidades.

4 SUV usados a gasolina que pode encontrar por menos de 20.000€

Jeep Renegade

Jeep Renegade SUV Usado gasolina

Por fora, até pode parecer estarmos perante um todo o terreno puro, mas por dentro o Renegade não engana: é um SUV muito confortável, silencioso e fácil de conduzir que, nas versões 4×2, se mostra mais apto para cavalgar o asfalto do que para enfrentar as agruras dos trilhos. Mais ainda quando equipado com o tricilíndrico sobrealimentado 1.0 T, animado por uma potência de 120 cv, sendo capaz de consumos interessantes: média de 6,4 l/100 km em circuito misto. No entanto, sair para o fora de estrada não fica totalmente posto de parte quando olhamos aos detalhes: altura ao solo de 17,5 CM e ângulos de 17,9º (ataque), 29,7º (saída) e 21,2º (ventral) e uma suspensão que consegue absorver bem os impactos (algo muito apreciado também na cidade com a quantidade de lombas que, nos últimos anos, invadiram as urbes nacionais). E, em determinados níveis de equipamento, há ajudas para enfrentar passeios mais complicados, como o auxílio ao arranque em subida e o controlo em descida.

 

Veja todos os Jeep Renegade usados à venda no Standvirtual

 
Peugeot 2008

SUV Peugeot 2008 gasolina usado Standvirtual

Ainda sem os traços agressivos e verdadeiramente robustos da atual geração, lançada no ano passado, o 2008 de anos anteriores mostra-se muito capaz de enfrentar terrenos difíceis (sobretudo quando conta com o sistema Grip Control, de tração eletrónica), além de se destacar pelo seu sentido prático e pela facilidade com que se conduz. No design, sobressai a grelha vertical a conferir uma frente mais proeminente e mais sólida, que beneficia ainda de uma assinatura luminosa que, na traseira, mostra a forma das garras do leão, além de exibir proteções laterais e cavas de rodas pronunciadas. A gasolina, o 1.2 Puretech de 110 cv, que chegou a conquistar, em 2018, o prémio de Melhor Motor Internacional do Ano na categoria de 1.0 a 1.4 litros, mostra-se extremamente eficiente, quer no consumo de combustível, quer na emissão de partículas através da utilização de um filtro de partículas de gasolina. Em termos de performance, a capacidade de resposta do motor é agradável graças a um turbo otimizado, que permite ter o binário máximo disponível logo a partir das 1500 RPM.

 

Quanto custa um Peugeot 2008 em segunda mão?

 
Seat Arona

SEAT Arona usado gasolina

Assente na mesma plataforma MQB A0 estreada pelo Ibiza, o Arona consegue um bom compromisso entre polos muitas vezes vistos como opostos: é dinâmico e confortável; mostra ter uma boa qualidade e apresenta-se a valores acessíveis. Depois, pode ser visto como um objeto de desejo, graças aos detalhes de design e à personalização possível. Para quem privilegia o dinamismo num automóvel, o Arona é um carro a ter em conta, valendo-se de um diferencial autoblocante XDS de série para revelar uma enorme apetência por estradas cheiinhas de curvas e contracurvas. Mais ainda quando se apresenta com o nível de equipamento FR, que oferece duas afinações de suspensão, uma normal e outra desportiva, mais dura, além de quatro modos de condução que podem ser escolhidos por quem segue ao volante: Normal, para condições de estrada sem dificuldades de maior; Sport, para trajetos mais sinuosos, em que o veículo vai mostrar-se mais afoito, mas também mais seguro; Eco, que permite poupar combustível; e Individual, em que cada parâmetro pode ser ajustado consoante os desejos do condutor.

 

Interessado num Seat Arona?

 
Toyota C-HR

Toyota C-HR híbrido usado SUV

Um SUV de design arrojado que chegou, em 2016, sem motorizações a gasóleo. Com características de familiar compacto, o Toyota C-HR destacou-se logo pelo visual dinâmico e algo futurista, que era quase uma cópia fiel do protótipo que lhe deu origem (o que não é assim tão comum). Com  cinco portas e cinco lugares, oferece uma mala com 377 litros, o que se pode considerar uma volumetria razoável para uma família. Entre as mecânicas propostas, a dotada de um motor 1.2T, turbo a gasolina de 116 cv, com tração dianteira, encontra-se facilmente abaixo dos 20 mil euros, e o seu comportamento não desilude. O motor chega acoplado a uma caixa manual de seis velocidades, dotada de um novo sistema chamado Transmissão Manual Inteligente, que aumenta ou reduz automaticamente as rotações, tornando as mudanças de velocidade muito suaves. De referir, que o carro foi comercializado de origem bem equipado, mesmo nos níveis de entrada: sistemas de pré-colisão, aviso de saída de faixa de rodagem, máximos automáticos ou cruise control adaptativo era de série.

 

Procura um Toyota C-HR em segunda mão?

 
Leia também:

6 SUV novos até 20.000€

Conheça os SUV de 7 lugares mais espaçosos do mercado

5 SUV usados até 30 mil euros

Redes sociais:
Dúvidas no Standvirtual?

Aceda à secção de Ajuda

210 738 088 * * Dias úteis das 09h às 18h