standvirtual.com O Nº 1 em Carros Vender Veículo

Anúncios de carros que marcaram a história

anuncios de carros que marcaram a historia

Há milhares de anúncios de carros que marcaram a história. E se é fã da forma que as marcas usam para tentar conquistar clientes, este artigo é para si.

Se tivermos em conta que, muitas das vezes, as marcas produzem anúncios distintos tendo em conta o mercado alvo, o leque de escolhas aumenta ainda mais.

O mercado dos anúncios de automóvel já é bastante maduro e explorado. No entanto, há anúncios dos quais nunca mais nos esquecemos.

Este é, para nós, o top 7 de anúncios de automóveis que marcaram a história.

Para o elaborar, tivemos em conta vários factores, tais como: a originalidade, a mensagem que pretende passar, a facilidade com a qual memorizamos o anúncio e a marca, a sonoridade e a empatia que cria.

7 publicidades de automóveis que ficaram para a história


1. BMW Série 1 (2004)

No primeiro anúncio recuamos até 2004. A BMW escolheu-o para lançar o seu novo modelo, o Série 1.

Em vários momentos, vemos o carro a andar pelo deserto, a grande velocidade, e em vários sentidos, aspectos que demonstram a agilidade e a performance do carro.

Subitamente, o carro tem de fazer uma travagem para evitar atropelar um sapo. O sapo sobrevive e de forma subtil, a BMW destaca outra característica do seu novo modelo, o sistema de travagem.

Após a travagem, vemos a janela do condutor a descer e deparamo-nos com um sapo, mais concretamente, o Sapo Cocas (um dos primeiros e mais conhecidos Marretas).

Após ter aberto o vidro, o Sapo Cocas exclama ao mesmo tempo que buzina “Ei amigo, sai da estrada! Raios partam os sapos!”

Assim, com uma melodia contagiante, um elemento cómico a conduzir, o Sapo Cocas, e com a piada do “raios partam os sapos”, a BMW imaginou e criou um dos anúncios de carros que marcaram a história.

2. Citroen C4 (2004)

A Citroen promoveu o seu C4 com um robô a dançar, tentando mostrar que o carro está “vivo com a tecnologia”.

A premissa do anúncio é muito simples: um Citroen C4 prateado, “sozinho” num parque de estacionamento, transforma-se e começa a dançar ao som de “Jacques Your Body (Make Me Sweat)” da Les Rythmes Digitales.

A tecnologia utilizada para criar este anúncio era bastante avançada para a época e isso contribuiu para que este se tornasse num dos anúncios mais impactantes de todos os tempos.

Este anúncio até ganhou um Leão de Bronze no Festival Internacional de Publicidade de Cannes de 2005, e foi largamente imitado por outras marcas.

3. Mercedes-Benz Classe E (2010)

A Mercedes é uma marca que se distingue pela elegância. E este anúncio é prova disso mesmo.

O anúncio capta logo a nossa atenção devido à música misteriosa, tocada num piano, e ao cenário de inverno, num bosque com neve. Depois da introdução, vê-se o carro em questão: Classe E.

O condutor, que circula na estrada com neve e escorregadia distrai-se, por um breve momento, e subitamente aparece a “Morte”. A “Morte” representada por um ser humano, vestido de negro e com uma foice na mão, durante a distracção do condutor, ri-se e pede-lhe desculpa.

Sarcasticamente, estava a dizer-lhe “Olhaste para o lado uns segundos…Esses segundos são suficientes para morreres.” Quando o condutor se apercebe disto, e volta a colocar a sua atenção na estrada, depara-se com um camião a obstruir a passagem.

A colisão era iminente e inevitável…Até que os sensores anti-colisão e o novo sistema de travagem do Classe E funcionam, evitando assim o pior e mais provável desfecho.

Após ter recuperado da travagem, mesmo numa estrada escorregadia, o condutor a salvo diz à “Morte”: “desculpa”. A “Morte” que já estava a contar que fosse levar a melhor, ficou cabisbaixa e não respondeu.

Este anúncio publicitário comunica de forma exímia e subtil as novas características deste modelo, bem como a sua qualidade.

4. Volkswagen Passat (2011)

Criado para ser exibido no intervalo da Super Bowl do ano de 2011, o “The Force” (A Força) é, até hoje, o anúncio da Super Bowl mais visto de sempre.

Ao contrário do que era habitual, este anúncio não foi exibido pela primeira vez no intervalo da Super Bowl. Foi divulgado quatro dias antes e, devido ao sucesso desta jogada, são agora muitas outras as marcas que seguem este exemplo.

Mas porque é que este anúncio teve tanto sucesso? Muito simples…trata-se de uma história completa e muito bem contada, com vários segmentos totalmente verosímeis. E com o imaginário da saga “A Guerra das Estrelas”.

A “Imperial March”, música deste filme, é o som de fundo para as aventuras de um menino que, vestido de Darth Vader, tenta utilizar os poderes que o seu fato naturalmente lhe transmite.

Ele tenta mover e ligar objectos, tenta até mover o seu cão, mas nada acontece e ele vai ficando cada vez mais frustrado.

Até que chega a casa o seu pai ao volante de um Volkswagen Passat. Ignorando o pai, o menino tenta aplicar os seus poderes sobre o carro. E consegue! Ou, pelo menos, acredita que consegue.

Na realidade o pai trancou simplesmente o carro à distância entrando, juntamente com a mãe, nesta brincadeira do filho.

5. Audi e Porsche (2014/2017)

Este anúncio não foi criado para promover um carro em particular. Optamos por aglomerar os 2 vídeos e considerar apenas 1 anúncio, porque assim entende melhor a história, pois há mais contexto.

No entanto, se os vídeos fossem colocados em separado num top de anúncios de carros que marcaram a história, não seria de estranhar.

A Porsche anunciou que regressaria às 24 Horas de Le Mans (uma das mais tradicionais corridas automobilísticas do mundo), em 2014. Nesse seguimento, a Audi criou um anúncio no qual acolhe a Porsche de volta, destacando, obviamente, o carro utilizado na prova.

O Audi R18 e-tron quattro percorre várias localidades alemãs, até que chega à fábrica da Porsche, em Estugarda. Aí, parece estar a exibir-se em frente à sede da marca rival.

Na realidade, após alguns drifts, é possível ver que o piloto do Audi escreveu no chão, com as marcas dos seus pneus, a expressão “Welcome back” (bem-vindos de volta).

Três anos mais tarde, foi a vez de a Audi anunciar que deixaria de participar nas 24 Horas de Le Mans. Assim, a Porsche decide criar um segundo anúncio, no seguimento do anterior.

O condutor de um Porsche 111 (um tractor) vai até ao local onde ainda se encontram as marcas de pneu e apaga parte da mensagem, alterando o seu significado para “Come Back” (volta).

Algumas pessoas viram estes anúncios como provocatórios e consideraram que o segundo anúncio era uma “vingança” da Porsche face ao primeiro anúncio lançado pela Audi.

Na realidade, os anúncios foram criados num espírito de apoio entre estas duas marcas que, embora rivais, pertencem ao mesmo grupo – o Grupo Volkswagen.

6. Smart ForTwo (2015)

O anúncio da Smart, conhecido como Smart Effect, foi gravado em Lisboa.

Os estacionamentos na cidade exigem uma elevada perícia, e até mesmo sorte. Muitas das vezes, se todos estacionassem correctamente, o nosso carro também teria espaço. Mas nem tudo é perfeito.

Para demonstrar isso mesmo, ao longo de algumas ruas da capital portuguesa, a Smart deixou lugares de estacionamento vazios. Porém, a dificuldade para estacionar era bem grande.

Quando um condutor se aproxima para estacionar, e não consegue, eis que a magia acontece.

Os carros da Mercedes, grupo ao qual a Smart pertence, encolhem-se e criam espaço para o condutor estacionar.

A ideia a transmitir é a de que se o condutor tivesse um Smart, na realidade os lugares para ele seriam maiores do que para os condutores de outros automóveis. Isto porque o carro que está a conduzir é bem mais pequeno.

7. BMW I8 (2019)

O anúncio da BMW é muito recente. Mais concretamente, de 2019.

Mesmo sendo tão recente, na nossa opinião, um dia este vídeo vai ser um dos anúncios de carros que marcaram a história. Aliás, para nós, já marcou.

Resumidamente, a BMW simula um dia repleto de emoções na Mercedes, uma vez que este é o dia de despedida de Dieter Zetsche.

Para quem não sabe, Dieter Zetsche é o presidente do Conselho de Administração da Daimler AG e chefe da Mercedes-Benz Automóveis desde 2006, bem como membro da directoria da empresa desde 1998.

No final da despedida, um membro da Mercedes acompanha Dieter Zetche a casa num novo Classe S. No dia seguinte, Dieter Zetsche prepara-se para sair de casa e o portão da sua garagem levanta-se.

Neste momento, vemos o chefe da Mercedes a sair num BMW i8 e a deixar o Mercedes na garagem. Este segmento é acompanhado de uma frase que diz “por fim, livre”.

O anúncio tem um tom provocatório, mas, com todo o fair-play, a BMW agradece a Dieter Zetsche por todos os anos de elevada e inspiradora concorrência.

Leia também:

Redes sociais:
Dúvidas no Standvirtual?

Aceda à secção de Ajuda

210 738 088 * * Dias úteis das 09h às 18h