standvirtual.com

O Nº 1 em Carros
Vender Veículo

Carro a diesel ou a gasolina: como decidir?

carro a gasolina

É uma das dúvidas mais comuns que ocorre em qualquer pessoa que queira comprar um automóvel novo. Afinal, deve-se escolher um carro a diesel ou a gasolina? A escolha, como deve calcular, recaí sobre a já tradicional resposta: depende.

No entanto, o objectivo deste artigo não é colocar dúvidas ao leitor. Antes pelo contrário, o propósito é escrutinar as várias razões que levam a uma resposta tão ambígua de forma a que  possa tomar uma decisão concreta.

Carro a diesel ou gasolina: custo de compra e gastos com combustível


gasolina e diesel

De forma a poder fazer uma análise o mais rigorosa possível, optámos por comparar o mesmo veículo – um dos mais vendidos em Portugal – com motorizações semelhantes, embora um a gasolina e outro a gasóleo. Portanto, a escolha recaiu sobre o Volkswagen Polo 1.0 TSI e o Polo 1.6 TDI, ambos novinhos em folha. Ou seja, diretamente comprados à marca.

Em termos de valores, a versão a gasolina tem, obviamente, um custo mais elevado. É essa mesma diferença de valores que, nesta primeira fase, será esmiuçada para verificar se, com o passar do tempo, compensa mais ou não comprar um veículo a gasóleo.

Como dito acima, a versão 1.0 TSI é mais cara. O custo de um veículo novo é de 23.859€ enquanto a versão 1.6 TDI é mais barata 5.017 €. Tem um valor associado de 18.842€.

O mais importante a analisar-se numa primeira fase é a relação preço – gastos em combustíveis. Através de uma plataforma de simulação a ACP (Automóvel Clube de Portugal) foi possível perceber ao fim de quanto tempo compensa efetivamente comprar um veículo a gasóleo.

Colocámos como base de referência o preço médio de gasolina nos 1.474€ por litro e o gasóleo nos 1.684€ por litro. Associando isso ao facto de a versão gasóleo ter um consumo estimado de 4.8 litros a cada 100 quilómetros e o modelo a gasolina 5.6 litros, percebe-se que é necessário conduzir 213.018 quilómetros para tirar vantagens financeiras diretas ao comprar um automóvel movido a diesel. O benefício por quilómetro é de 0.14 €.

O uso de cada veículo depende de condutor para condutor. Porém, é bastante comum, ao fim de um ano, guiar-se mais de 50.000 km. Ainda assim, no que diz respeito a esta análise, terá de ser cada um a ponderar quantos quilómetros por ano conduz e, também, quanto tempo pensa em manter o automóvel.

A título de exemplo, se dividir os 213.018 quilómetros por cinco anos, terá de conduzir cerca de 42.600 quilómetros por ano para que a poupança em combustível se sobreponha aos gastos na compra do veículo.

Porém, há outras questões a analisar.

Funcionamento de um automóvel a gasóleo e outro a gasolina

motor a gasolina

Ainda assim, é necessário verificar outra questão muito importante. Um carro a diesel costuma ter uma maior durabilidade e uma menor preocupação com encargos. Porquê? Porque os motores a diesel foram desenhados especificamente para maximizar a relação entre a injeção de combustível e a velocidade a que andam. Por outras palavras, gastam menos combustível, havendo uma combustão mais eficaz e com perigos de degradação menores.

Portanto, independentemente da forma como conduz, as particularidades do motor do veículo vão ser menos desgastadas com um carro a diesel do que com um motor a gasolina e, isso, por si só, também é uma vantagem económica.

Desvalorização do veículo

Além disso, a partir de 2025 os carros a diesel serão completamente proibidos em muitas cidades europeias e não só. Mas, já antes disso, só será permitida a circulação dos modelos mais recentes e mais amigos do ambiente. Ou seja, fabricados depois de 2014.

Enquanto antigamente, os veículos a diesel acabavam por ter uma menor desvalorização, agora poderá acontecer o oposto. Prevê-se que um veículo a diesel será bastante difícil de vender daqui a cinco anos.

Ora, como o valor de um veículo está associado à lei da procura e da oferta, não será difícil antecipar que nesse espaço de tempo o automóvel movido a gasóleo terá um valor de mercado mais barato e, portanto, quando o quiser vender, o custo do carro terá descido consideravelmente. Mais até do que um a gasolina.

No final de contas, tem de pesar nos prós e contras de todos estes pormenores e analisar consoante as suas necessidades. Só assim irá descobrir se deve comprar um automóvel a gasolina ou gasóleo.

Leia também:

Carro a diesel ou a gasolina: como decidir?
2.3 (46.67%) 3 votos
Redes sociais:
Dúvidas no Standvirtual?

Aceda à secção de Ajuda

211 450 361 * * Dias úteis das 09h às 18h