standvirtual.com Vender Veículo

Como funciona um concessionário da Tesla?

Como funciona um concessionário Tesla

Os veículos movidos a energia elétrica já existem há bastante tempo, mas só recentemente é que se desenvolveu tecnologia para se melhorar a autonomia e desempenho, tornando-se assim uma opção interessante para a indústria automóvel.

Como sabemos, os veículos elétricos são cada vez mais importantes numa realidade em que o petróleo se encontra em escassez e a queima de combustíveis fósseis contribui bastante para o aquecimento global e poluição atmosférica.

Assim, inúmeros fabricantes de automóveis têm investido cada vez mais na vertente elétrica e em produzir veículos sem quaisquer emissões de gases ou resíduos poluentes. E, é aqui que destacamos a Tesla, que tem revolucionado a indústria dos automóveis elétricos.

Acompanhe este artigo e fique a saber como é que a Tesla forma os seus vendedores e gere os seus concessionários.

Valor dos modelos Tesla

Os valores de venda de todos os veículos Tesla são sugeridos pela fábrica e, uma vez aplicados, não há possível negociação. O valor anunciado é o valor praticado. 

O que muitas vezes acontece noutros concessionários, é a possibilidade do vendedor tentar vender o carro por um valor abaixo do estabelecido ou até mesmo acima, visto que existem comissões que permitem com que os vendedores tenham esta flexibilidade. Porém, nos concessionários da Tesla, não existe esta possibilidade, visto que, os vendedores são pagos por hora e não existe qualquer tipo de comissão.

A única forma de o valor de um Tesla baixar é se este já se encontrar em stock há muito tempo. Saiba que se existir a compra de um veículo da marca Tesla com algum tipo de desconto, será porque essa baixa de preço partiu por parte da própria empresa e não porque o comprador tentou negociar.

Descubra todos os modelos Tesla disponíveis no Standvirtual

Perfil do vendedor

A Tesla não tem vendedores e sim educadores. Normalmente, o cliente dirigir-se a uma loja física significa que “o carro já chega vendido”. Os vendedores Tesla estão no local mais numa ótica de explicar tudo sobre o veículo, destacando as suas características e modo de funcionamento.

Uma vez que não existe concorrência direta no mercado, o vendedor não tem que fazer um grande esforço para vender o carro. Muitas vezes, quando os clientes se deslocam a um concessionário Tesla, são pessoas que já fizeram uma grande pesquisa sobre todos os modelos, já sabem o que querem e o que não querem ou então, já têm um em casa e, tiveram uma experiência tão boa, que querem adquirir outro.

Perfil do Comprador

90% dos compradores são pessoas que trabalham no mundo das tecnologias. São, na sua maioria, clientes que têm amigos que possuem um Tesla e, por isso, já tiveram a oportunidade de andar num e, ao desfrutar de toda a experiência de condução e conforto, realmente acabaram por se apaixonar por toda a tecnologia disponibilizada.

Muitas vezes, também são clientes que já têm um Tesla em casa e, por isso, querem continuar a acrescentar à coleção.

Test Drive

É sempre recomendado que o cliente faça o test drive. A Tesla acredita no produto e na experiência que está a entregar e, por isso mesmo, é preciso que o cliente saiba o que é conduzir um elétrico com todo o conforto proporcionado pela marca.

Durante o Test Drive, é quando o vendedor vai aproveitar para explicar todos os detalhes do carro e tudo o cliente desejar saber. 

Online vs Concessionário

concessionário tesla

Apesar de existirem inúmeros concessionários por todo o mundo, 85% dos carros Tesla são vendidos através da Internet e, o cliente apenas tem que se dirigir ao espaço físico para ir buscar o seu veículo.

No momento da entrega, são explicados todos os detalhes do carro desde como fazer login na app a como fazer atualizações do software (quase todos os meses há novas atualizações).

Através da aplicação ou do site online, os clientes podem conseguir comprar extras, mesmo depois da compra do carro.

Desvalorização dos veículos Tesla

O facto dos Tesla receberem updates de software quase todos os meses, faz com que os veículos se mantenham novos. Por exemplo, a única diferença entre um Tesla de 2018 e um de 2020 é a quilometragem porque, de resto, ambos têm o mesmo software. Assim, a desvalorização de um veículo Tesla ao longo do tempo é muito baixa.

Satisfação do Cliente

Assim que um cliente faz a aquisição de um veículo, recebe um questionário com apenas 3 perguntas onde avalia a loja, o vendedor e a experiência de compra. Existe também um campo onde o comprador pode dar sugestões ou indicar o que correu melhor, ou não tão bem, no processo de compra do veículo.

Pós-vendas

O pós-vendas não é o foco da Tesla mas, ainda assim, existe uma grande central onde entram as solicitações. Contudo, o carro só é levado às oficinas caso haja uma real necessidade.

A maior parte dos problemas que os Tesla apresentam são de origem tecnológica e podem ser resolvidos remotamente.

Por isso mesmo, e pelo facto de serem veículos com poucas peças, praticamente não têm revisão e, só existe a deslocação a uma oficina, caso seja preciso mudar alguma peça que possa estar a comprometer os sensores ou para a substituição de bateria.

Numa indústria como a dos automóveis elétricos, que ainda está em desenvolvimento, a Tesla já se conseguiu posicionar como líder de tecnologia e de produção de veículos de alto conforto e desempenho.

E, isto é apenas o começo pois, a Tesla continua a tornar os seus produtos cada vez mais acessíveis e, o volume de vendas tem aumentado cada vez mais.

Mesmo em Portugal, a Tesla está a conseguir superar algumas marcas bastante conceituadas na indústria automóvel, sendo isto uma ótima notícia, que significa menos poluição e um ambiente mais limpo.

Leia também:

Redes sociais:
Dúvidas no Standvirtual?

Aceda à secção de Ajuda

210 738 088 * * Dias úteis das 09h às 18h