standvirtual.com O Nº 1 em Carros Vender Veículo

Como ver se um carro já teve acidentes?

Antes de comprar um automóvel usado é muito importante verificar as suas condições.  A atenção ao detalhe é fundamental para não ter surpresas desagradáveis.

Comece por questionar o vendedor acerca de possíveis acidentes, danos ou defeitos existentes.  Independentemente da resposta, saiba você mesmo como fazer um “check-up total” e detetar quando está perante um veículo acidentado.

A inspeção a levar a cabo divide-se em duas partes:  a análise do historial do veículo através da documentação legal e a observação presencial deste.

O histórico do Veículo

  • Nos anúncios do Standvirtual consta o VIN – Número de identificação do veículo – guarde-o, pois ser-lhe-á útil para obter o histórico do carro e fazer uma compra mais segura.
  • Através da matrícula descubra qual o seguro do automóvel, data, apólice, cobertura e modalidades; Pode fazê-lo acedendo à página online da Autoridade de Supervisão de Seguros e Fundos de Pensões – ASF.
  • Dirija-se a uma loja do cidadão ou conservatória e peça uma certidão com a informação do automóvel. Neste documento, que lhe será entregue no momento e que lhe custará cerca de 5 euros, encontra dados como reservas de propriedade e penhoras.
  • No livro de revisões do veículo consta qual o concessionário que o vendeu e a assistência ou manutenção recebida.
  • Nas folhas de inspeção, estão registados os problemas detetados no automóvel ao longo do tempo.

Compre com segurança. Encontre carros usados com garantia

Check-up presencial do veículo

Quando for ver o carro, faça-se acompanhar, se possível, de um mecânico competente da sua confiança.

Mesmo que aparentemente esteja tudo “nos conformes”, observe cuidadosamente o veículo, com atenção aos detalhes.

Repare:

  • Todos os vidros são da mesma marca?

Quando um carro sofre um acidente é muito provável que um ou mais vidros se partam. Como os fabricantes colocam por norma os vidros todos da mesma marca, se encontrar algum de marca diferente, poderá estar perante um veículo acidentado. Questione, então, porque razão foi trocado.

  • As portas estão alinhadas? Existem pequenos danos visíveis?

Observe o alinhamento das portas e verifique se estas, juntamente com o capot e a bagageira abrem e fecham corretamente e/ou se são visíveis rachas, riscos, amolgadelas…. Percorra a carroçaria com a mão para detetar possíveis ondulações.

  • Consegue ver diferentes tonalidades na pintura?

Se possível em plena luz do dia observe a pintura do automóvel. Caso tenha existido algum acidente pode ter sido necessário pintar alguma parte do mesmo. Neste caso poderá notar diferenças de tonalidade na cor. Preste atenção a zonas estratégicas como portas e para-choques.

Se detetar alguma coisa, dê uma pancada na zona. O som, no caso de ser diferente de outras partes do carro, indica-lhe se foi usada massa plástica para corrigir alguma falha.

  • Os faróis e respetivas óticas estão todos iguais?

Gravilha nos faróis, rachas, luzes desalinhadas ou faróis e óticas diferentes entre si podem ser indicativos de acidente.

  • As soldagens aparecem enferrujadas?

As soldagens do fabricante raramente enferrujam.  Portanto, se observar painéis enferrujados ou parafusos com marcas de ferramentas, desconfie!

Por fim, lembre-se: “Nunca compre um carro sem o conduzir primeiro!”

Tópicos relacionados:
Redes sociais:
Dúvidas no Standvirtual?

Aceda à secção de Ajuda

210 738 088 * * Dias úteis das 09h às 18h