standvirtual.com Vender Veículo

Inventor do ABS cria aparelho para travar covid-19

Inventor ABS cria aparelho travar Covid 19

De cada vez que se evita um acidente pela derrapagem das rodas, o condutor bem pode agradecer à equipa de engenheiros da Fiat que, em 1970, desenvolveram o sistema Antiskid, cuja patente seria vendida à Bosch – a multinacional alemã de engenharia e eletrónica rebatizou o produto como ABS (Antiblockier-Bremssystem, no original).

Entre a equipa original de técnicos-inventores estava Mario Palazzetti que, cinco décadas depois, voltou a ser notícia por estar de momento dedicado a criar um dispositivo com o qual espera travar o surto de covid-19, doença que, desde o início do ano, já foi diagnosticada em cerca de 20 milhões de pessoas em todo o mundo, tendo resultado, à data, na morte de mais de 720 mil pessoas, não obstante as várias medidas de confinamento e de encerramento de fronteiras por todo o globo.

O dispositivo em causa tem o tamanho de um jarro elétrico para aquecer água e o seu funcionamento cria correntes de ar que afastam as gotículas expelidas pela fala dos restantes, evitando uma rede de contágio. O seu nome é Biostopper e, de acordo com as explicações de Palazzetti à agência Reuters, serve para “criar um campo aerodinâmico”, no qual “toda a respiração que alguém emite quando fala regressa a si”.

Artigo relacionado: Covid-19: regras de segurança para automobilistas

O engenheiro iniciou os trabalhos com o objetivo de encontrar uma solução que torne mais seguros determinados ambientes fechados, como salas de aula, escritórios, bares e restaurantes, nos quais o distanciamento social pode ser difícil de cumprir.

O desenvolvimento, realizado em parceria com uma equipa da Universidade de Turim, está agora a ser afinado para se passar à fase de testes, depois da qual o dispositivo deverá ser patenteado – e só após esse momento se saberá um pouco mais sobre a invenção do “senhor ABS”, tal como explicou o professor Marco Simonetti, também envolvido no projeto: “Não posso avançar muitos detalhes técnicos porque ainda estamos na fase de patenteamento”, justificou à Reuters, adiantando porém que “o conceito é simples – a ambição não é matar o vírus, mas reduzir a distância [entre pessoas] com segurança”.

Mario Palazzetti tem o seu nome associado ao ABS, mas não só: o engenheiro, reformado desde 1997, está por detrás de uma série de outras invenções, incluindo o Totem (Total Energy Module), um pequeno gerador de calor e energia, e um sistema de ar condicionado chamado Aircare, que também recupera energia.

“As ideias vêm até mim”, contou Palazzetti. “E tenho muitas ideias que me pedem para ser trazidas à luz, mas é realmente difícil [realizá-las]”, resumiu.

 
Leia também:

 

Redes sociais:
Dúvidas no Standvirtual?

Aceda à secção de Ajuda

210 738 088 * * Dias úteis das 09h às 18h