standvirtual.com Vender Veículo

Lamborghini Huracán STO: o touro mais selvagem da marca

Lamborghini Huracán STO o touro mais selvagem da marca

Desde o anúncio do seu desenvolvimento que o Huracán STO (acrónimo de Super Trofeo Omologata) merece por parte da Lamborghini classificação à parte. A marca do touro diz que o seu superdesportivo não se enquadra nos padrões normais, “arrumando-o” na categoria de projetos especiais, fortemente inspirados na competição. “É a mais pura encarnação da herança da Lamborghini Squadra Corse”, avisou Stefano Domenicali, diz o ainda presidente e CEO da companhia de Sant’Agata Bolognese, que em janeiro passa o testemunho a Stephan Winkelmann, o homem-forte da Bugatti, para regressar à Fórmula 1.

 
Veja todos os Lamborghini à venda no Standvirtual

 
O enquadramento não tem apenas a ver com as excecionais credenciais dinâmicas de um modelo que traz diretamente para a estrada as tecnologias dos carros do campeonato monomarca Huracán Super Trofeo EVO ou do GT3 que venceu por várias ocasiões as 24 Horas de Daytona. Criado para a estrada e perfeitamente afinado para as mais exigentes pistas do mundo, o novo superdesportivo de tração traseira tem a responsabilidade de ocupar o lugar deixado vago pelo especialíssimo Huracán Performante, com o mesmo V10 de 5.2 litros atmosférico, mas com potência esticada até aos 640 cv.

Nas prestações, 0 a 100 km/h em 3 segundos, demorando apenas 9 segundos a ir de 0 a 200 km/h. A velocidade máxima anunciada é de 310 km/h, números fora de série, que se explicam pela combinação da mecânica de ponta com a aerodinâmica de um caça.

640 cv na ponta dos dedos

O motor V10 aspirado (640 cv e 565 Nm às 6500 rpm) foi calibrado para oferecer um desempenho extremamente desportivo e reativo, com uma sensação pedal-acelerador muito direta. E também a transmissão foi melhorada para oferecer passagens de relações ainda mais rápidas.

previous arrow
next arrow
Slider

Tudo isto combinado com uma base criada para um carro de competição, com vias mais largas, casquilhos mais rígidos, barras estabilizadoras específicas, além dos préstimos do sistema Magneride 2.0 (amortecimento tipo magnetoreológico), e direção com relação de desmultiplicação mais direta e fixa, incluindo rodas traseiras direcionais, o resultado é aquele que a marca descreve como uma relação mais intimista entre o condutor, o automóvel e a pista. “O piloto está totalmente em contacto com o asfalto, recebendo o feedback relativo ao comportamento do veículo na ponta dos dedos”, explica a Lamborghini.

Super em tudo!

Entre as inovações do Huracán STO, capot, guarda-lamas e para-choques dianteiros constituem um único componente (incorpora, também, um novo splitter dianteiro, dirigindo o fluxo de ar para o fundo do veículo de novo desenho, e para o difusor traseiro), solução inspirada no Lamborghini Miura e no Sesto Elemento e que, sendo muito leve, também permite reduzir o tempo de acesso em assistência nas corridas.

Artigo relacionado: Os carros mais rápidos de sempre

Há também novas condutas de ar no capot dianteiro, que aumentam o fluxo de ar através do radiador central, para melhorar a refrigeração do motor, aumentado a downforce. Entre muitas outras soluções que permitem ao Huracán STO alcançar o mais elevado nível de downforce da sua classe: a eficiência global do fluxo de ar é melhorada em 37%, representando um aumento daquela de 53% face ao Huracán Performante, que já era uma super-referência na matéria.

Lamborghini Huracán STO com uma dieta rica em fibra

No desenvolvimento do STO, a Lamborghini usou fibra de carbono em mais de 75% dos seus painéis exteriores e técnicas de construção utilizadas na indústria aeroespacial. Resultado: 1339 kg de peso a seco, menos 43 kg do que o levíssimo Performante. A dieta incluiu para-brisas 20% mais leve, jantes em magnésio, etc.

Para otimização da dinâmica, a marca introduz três novos modos de condução: STO, Trofeo e Pioggia. O programa STO, selecionado por omissão, é para condução em estrada e traçados sinuosos; no modo Trofeo, todos os sistemas são otimizados para asfalto seco e para os mais rápidos tempos por volta em pista; e o Pioggia (chuva) é o programa que otimiza o controlo de tração, a vectorização de binário, a direção às rodas traseiras e o ABS para asfalto molhado.

Ainda herdado da competição, o mais radical dos Lamborghini de estrada tem sistema de travagem 60% mais resistentes à fadiga, com potência máxima de travagem melhorada em 25%.

O Lamborghini Huracán STO começa a ser entregue na primavera de 2021, por preços que arrancam nos 250 mil euros, antes de impostos.

 
Leia também:

Os carros elétricos mais potentes do mercado

6 carros desportivos novos por menos de 30.000€

8 carros desportivos usados por menos de 20.000€

Redes sociais:
Dúvidas no Standvirtual?

Aceda à secção de Ajuda

210 738 088 * * Dias úteis das 09h às 18h