standvirtual.com

O Nº 1 em Carros
Vender Veículo

7 melhores descapotáveis de sempre

melhores descapotaveis

Os carros descapotáveis sempre fizeram parte da garagem de sonho de muitos, mas alguns modelos ficaram cunhados na história como alguns dos melhores carros de sempre. Estes são 7 exemplares.

Cabelo ao vento, ar na cara e sol na pele. Estas são as máximas de qualquer descapotável.

Mas, e se a isso adicionarmos um potente motor V8 (ou quiçá V1o, ou até mesmo V12), uma aparência digna de aparecer nos posters dos quartos dos adolescentes e um comportamento dinâmico de fazer “tremer” qualquer desportivo? Sabem com o que é que ficamos?

Ficamos com a receita perfeita para alguns dos melhores carros da história, e tentamos compilar 7 numa lista onde falamos sobre os melhores descapotáveis de sempre.

Escolher apenas 7 não é fácil, encontrá-los nas ruas é, infelizmente, cada vez mais difícil, e os valores continuam a aumentar (e aumentar…) a cada ano que passa.

7 melhores carros descapotáveis da história


1. Ford Mustang

Ford Mustang

O Ford Mustang é um ícone da marca da oval e de toda a indústria automóvel, sendo reconhecido até por aqueles para quem o automóvel é só um meio para ir de A a B.

Considerado um dos carros mais bonitos da história, a primeira geração tornou-se mundialmente conhecida por ser o primeiro carro americano pensado no estilo e na velocidade a um preço razoável e “acessível” para os norte americanos de classe média.

Este modelo tem já mais de 50 anos de existência, mas continua a conquistar corações cada vez que uma nova versão é lançada, e felizmente para nós europeus, cada vez mais vemos estes modelos por cá, graças ao novo motor 2.3L de 4 cilindros “emprestado” pelo Focus RS, que a Ford introduziu neste modelo especificamente para Europa e que tornam o novo Ford Mustang num modelo bem mais acessível, sobretudo nos países onde as tributações automóveis são mais elevadas.

2. Ferrari 275 GTS

Ferrari 275 GTS

25 milhões de euros. É este o preço de mercado deste Ferrari, tornando-o não só num dos melhores descapotáveis de sempre, mas também num dos mais bonitos, mais caros e mais exclusivos.

Foi produzido apenas entre 1964 e 1966 e somente foram vendidas 200 unidades, estimando-se que hoje em dia apenas sobrem pouco mais do que uma dezena de exemplares.

Equipado com um motor V12 de 3.3L e debitando 260 cavalos de potência, poucos descapotáveis conseguem competir com este carro no que a estilo e prestígio diz respeito.

3. Jaguar E-Type

Jaguar E-Type

Quando falamos em Jaguar, o E-Type é provavelmente o modelo que imediatamente nos salta à memória. E por vários motivos: ou por ter sido o carro utilizado pelos príncipes reais britânicos no mais recente casamento real, ou então (e mais logicamente), por ser considerado um dos carros mais bonitos da história, até pelo próprio Enzo Ferrari.

Foi produzido entre 1961 e 1974, e o mítico V12 da Jaguar impulsionava-o até aos 240 km/h. Mais recentemente, a marca britânica anunciou um pacote que ia permitir renovar ou restaurar estes modelos, tornando-os 100% eléctricos, embora para isso os proprietários tenham que desembolsar mais de 1 milhão de euros…

4. Mercedes 300SL

Mercedes 300SL

É sem sombra de dúvidas um dos Mercedes mais icónicos de sempre, sobretudo na versão original “Gullwing”. O que poucos sabem é que a versão descapotável deste mítico modelo da casa de Estugarda foi desenvolvido a pensar no mercado norte-americano, numa tentativa de fortalecer a imagem da Mercedes enquanto marca de luxo naquele continente.

Apesar de mais de 50% das unidades produzidas terem sido vendidas nos Estados Unidos (800 das 1400), este carro acabou por não ter uma aceitação global muito forte, o que o torna particularmente raro nos dias de hoje, e um objecto de colecção muito apetecível para os mais afortunados.

Estes exemplares contavam com um motor V6 de 215 cavalos de potência, e hoje em dia estão avaliados em mais de 1 milhão de euros!

5. Ferrari LaFerrari Aperta

Ferrari LaFerrari Aperta

É, dos carros de produção “em série” (e em série entre aspas porque apenas foram produzidas 210 unidades), o mais exclusivo dos Ferrari que o dinheiro pode comprar.

Este é também (até à data), o carro descapotável mais rápido a sair da casa de Maranello, utilizando componentes que saíram directamente dos carros de Fórmula 1 da Scuderia, nomeadamente o sistema KERS, que recupera o calor do turbo carregando uma bateria e que ajuda a dar mais 200cv ao já muito potente V12 a combustão, o que perfaz um total de 1000cv de potência.

No entanto, e apesar deste carro ter sido produzido em série, para o poder comprar não bastava ter os 2 milhões de euros pedidos pela marca italiana. Era também preciso ser um cliente fiel e ter na sua colecção outros modelos emblemáticos da marca, entre eles o F40, F50, Enzo ou 458 Speciale Aperta.

6. Porsche 918 Spyder

Porsche 918 Spyder

É um dos modelos que constitui a “santa trilogia automóvel” (Porsche 918, Ferrari LaFerrari e McLaren P1), e é também, dos 3, aquele mais talhado para um uso diário (por muito que soe ridículo equacionar sequer usar um carro de 1 milhão de euros e 900 cavalos de potência para deslocações no dia-a-dia).

O 918 Spyder é, e tal como os outros 2 “santos automóveis”, um carro que recorre a um sistema híbrido para aumentar a sua potência, mas ao contrário do LaFerrari ou do P1, este Porsche consegue percorrer até 25km em modo 100% eléctrico!

Foram produzidas no total 918 unidades deste Porsche entre 2013 e 2015. Utilizando um motor V8 de 4.6L que debita 600cv, com o auxílio das baterias a potência fixa-se nos 900cv, fazendo deste hipercarro o natural sucessor do Porsche Carrera GT.

7. Mazda MX-5 

Mazda MX-5 

Quem disse que os melhores descapotáveis de sempre têm todos que ter preços astronómicos e centenas de cavalos de potência? O Mazda MX-5 é considerado um dos carros mais divertidos de conduzir, com uma relação peso potência muito razoável, e sobretudo, um preço muito apetecível.

Mantendo-se fiel a si mesmo desde a primeira geração, este carro é caracterizado por ter motor frontal, tracção traseira e um centro de gravidade muito baixo, com um rácio entre a largura e o comprimento muito próxima dos 58%/42%, o que o tornam quase um “karting” para andar na estrada.

Embora os modelos mais recentes rondem os 30 000€, os primeiros “Miata” estão no mercado por valores que rondam os 7 500€, e não há dúvida que são um verdadeiro brinquedo para o verão, sobretudo se não tem milhões a sobrar na conta bancária, mas quer na mesma adicionar um grande carro à sua garagem.

Leia também:

7 melhores descapotáveis de sempre
Gostou deste artigo?
Redes sociais:
Dúvidas no Standvirtual?

Aceda à secção de Ajuda

211 450 361 * * Dias úteis das 09h às 18h