standvirtual.com O Nº 1 em Carros Vender Veículo

Saiba como preparar o carro para ir de férias

preparar o carro para ir de ferias

Está a chegar aquele período do ano em que muitas famílias se juntam e fazem longas viagens de automóvel: as férias. Saiba como preparar o carro para ir de férias em segurança.

Todos sabemos que o carro é um meio de transporte usado por milhões de pessoas diariamente. Uns fazem viagens mais curtas, outros fazem longas viagens e enfrentam centenas, ou até mesmo milhares, de quilómetros diariamente.

Em qualquer uma das circunstâncias, há uma coisa que deve ser garantida: a segurança.

Para aumentar a segurança é necessário realizar um conjunto de procedimentos regularmente. Para além desta segurança, estes procedimentos oferecem-lhe conforto e uma maior tranquilidade.

Para lhe proporcionar uma viagem mais segura e tranquila, preparamos 13 dicas que o ajudam a preparar o seu automóvel para ir de férias.

12 dicas para preparar o carro para ir de férias


malas de viagem dentro da mala

1. Revisão (check-up)

A primeira coisa a fazer, quando começa a preparar o carro para ir de férias, é verificar, no livro de revisões, a data da próxima revisão programada.

Caso faltem poucos quilómetros ou pouco tempo, poderá ser vantajoso antecipar a próxima revisão.

Se estiver a planear fazer uma grande viagem, deve ainda verificar quantos quilómetros faltam para trocar peças importantes de desgaste como, por exemplo, a correia da distribuição.

Caso faltem, ainda, bastantes quilómetros para a próxima revisão programada, deverá, pelo menos, fazer um “check-up” completo e rigoroso ao seu veículo..

Esta inspecção permitirá verificar detalhadamente vários componentes do automóvel, nomeadamente: o estado do motor, filtros, bateria, travões, radiador e sistema eléctrico.

A revisão ou o “check-up” devem ser realizados entre 2 a 4 semanas antes da partida para férias, para que seja possível certificar-se de que o carro funciona normalmente após eventuais reparações ou substituição de peças.

2. Nível de óleo do motor, dos travões e da embraiagem

O nível de óleo deve ser avaliado a cada 1000 km (sempre com o motor frio).

No entanto, antes da partida para férias, é ainda mais importante verificar a quantidade e também a qualidade do óleo do motor.

Óleo abaixo do nível recomendado, ou já sem qualidade, compromete a lubrificação e refrigeração do motor e seus componentes (em conjunto com o líquido refrigerante), podendo levar o propulsor a sobreaquecer.

O nível de óleo dos travões e da embraiagem também devem ser verificados e reabastecidos ou substituídos, caso necessário.

3. Sistema de travagem

É importante verificar se não existem problemas visíveis com os discos e as pastilhas de travão, e depois medir a sua espessura.

Caso a espessura esteja próxima do valor mínimo indicado no manual do veículo, estes componentes devem ser substituídos.

Deve também certificar-se de que o sistema de travagem não tem qualquer fuga, pressionando o pedal do travão repetidamente enquanto o motor está desligado.

Se o pedal não tiver resistência, os travões poderão já não ter a qualidade necessária.

Um desequilíbrio na direcção, em travagem, pode também ser um indicador de que existe algum problema com este sistema.

Em caso de dúvida, não arrisque, dirija-se a uma oficina.

4. Pneus

pressao dos pneus

Outra dica básica, mas fundamental para preparar o carro para ir de férias é verificar os pneus.

Deve começar por tentar ver se encontra algum problema com os pneus.

Se parecerem estar desgastados, ou com algum alto ou corte, têm que ser substituídos. Se não parecerem ter desgaste, deve então passar para a fase seguinte e medir a profundidade do relevo dos pneus.

Em Portugal, os pneus devem ter um relevo com uma profundidade entre os 4 e os 8 milímetros, sendo que a profundidade mínima permitida por lei é de 1,6 milímetros.

Uma vez que os pneus se desgastam de forma desigual, é necessário medi-los em diferentes áreas, para obter resultados mais precisos.

Caso apresentem um desgaste uniforme, mas ainda dentro dos valores recomendados para a profundidade do relevo, pode ser suficiente calibrar os pneus.

Um outro aspecto fundamental é ainda a verificação da pressão. A informação referente aos valores da pressão dos pneus estão disponíveis no manual de instruções do veículo.

Meça a pressão dos pneus apenas depois de estes terem arrefecido. Ah, e não se esqueça também de verificar o pneu suplente.

Por último, deve ainda alinhar e calibrar as suas rodas. Isso irá melhorar a aderência do veículo ao piso e permitirá reduzir o consumo de combustível.

O uso de pneus adequados à estação do ano em que nos encontramos não é obrigatório, em Portugal. No entanto, se se deslocar para a neve, por exemplo, deverá ter o cuidado de utilizar uns pneus e acessórios adequados (correntes para neve).

5. Água do radiador e do limpa para-brisas

Antes de partir para viagem, verifique se tem água suficiente no radiador.

Verifique ainda se tem líquido e água suficientes no limpa para-brisas.

Janelas limpas são fundamentais para uma viagem segura.

Aproveite e certifique-se se as escovas ainda funcionam em perfeitas condições: não deixam manchas ou riscos no vidro.

Sabia que os vidros com sujidade aumentam o perigo do encadeamento? Todo o cuidado é pouco.

6. Bateria

carregar a bateria do carro

Considerando que é a bateria que acciona o motor do automóvel, se esta não funcionar correctamente, o carro também não funcionará.

É necessário verificar se esta se encontra em bom estado (com os terminais limpos e sem ferrugem, por exemplo), e proceder ao seu carregamento ou substituição, caso necessário.

7. Parte inferior da carroçaria e compartimento do motor

Verificar a parte inferior da carroçaria e inspeccionar o compartimento do motor permitirá encontrar eventuais fugas, como por exemplo nos sistemas de direcção hidráulica, de arrefecimento do motor, de lubrificação ou na caixa de velocidades.

8. Luzes

Deve verificar se todos as luzes funcionam correctamente, ou se é necessário proceder à substituição de alguma lâmpada.

Além disso, é importante limpar os faróis, pois estes ficam facilmente baços, e ainda ajustá-los em altura.

Ao não ter as luzes a funcionar de forma correta, poderá estar a pôr em causa a sua segurança e a dos outros, principalmente durante a noite ou em locais ou situações de pouca visibilidade.

9. Ar condicionado

Um sistema de ar condicionado a funcionar em perfeitas condições permitirá uma viagem mais confortável, mas também mais segura.

As altas temperaturas prejudicam a atenção do condutor, uma vez que o tempo de resposta aumenta cerca de duas vezes, quando exposto a temperaturas elevadas.

10. Combustível

O combustível é essencial.

Faça um planeamento dos abastecimentos necessários, tendo em conta a distância que irá percorrer e locais por onde passará.

Pode ser vantajoso abastecer menos em determinado local e mais num outro onde os combustíveis sejam mais baratos.

11. Limpeza

colocar malas de viagem na mala

A limpeza de um automóvel é também fundamental.

A nível externo, a grelha frontal deve estar bem limpa, para permitir que o radiador faça correctamente a refrigeração do motor (especialmente no Verão).

Os pneus e as jantes também devem estar limpos e sem detritos que possam colocar em risco a segurança da viagem.

A nível do interior, se é daqueles condutores que tem imensos objectos no interior do seu carro, retire-os.

Esvazie o seu automóvel para garantir que só leva o que é preciso e que tem espaço para tudo.

Este procedimento poderá poupar-lhe dores de cabeça ao tentar encaixar as malas na bagageira, como se estivesse a jogar tetris, e ainda pode-lhe poupar alguns litros combustível porque pode reduzir o peso a transportar na viagem.

Um carro limpo e organizado tornará a viagem mais agradável e calma, podendo o condutor focar-se, assim, na sua principal função: conduzir.

12. Documentos e objectos de segurança

Antes de partir em viagem, é essencial verificar se tem todos os documentos referentes ao veículo actualizados e guardados na viatura.

O Documento Único Automóvel (DUA) ou livrete, o seguro e o registo de propriedade têm que “viajar” com o carro.

Se viajar para o estrangeiro, verifique ainda se o país tem cobertura para o seu seguro. Caso não tenha, pode pedir à seguradora uma extensão da cobertura para os dias em que vai estar fora do país.

O triângulo de sinalização e o colete reflector são obrigatórios por lei.  Como tal é necessário verificar se estes se encontram em boas condições e devidamente guardados no veículo.

E viaje com sempre com calma, respeitando as regras de condução, os limites de velocidade e os outros automobilistas.

Leia também:

Redes sociais:
Dúvidas no Standvirtual?

Aceda à secção de Ajuda

210 738 088 * * Dias úteis das 09h às 18h