standvirtual.com O Nº 1 em Carros Vender Veículo

Prepare o seu carro para o mau tempo

Preparar carro para o mau tempo

Com a chegada da estação do ano mais rigorosa, apetrechamo-nos de guardas-chuvas, cachecóis e casacos quentes. Há ainda quem opte por tomar suplementos vitamínicos para compensar a falta de calor e de luz.

Com os automóveis há um processo semelhante a ter em conta, sobretudo se este já acusar alguma idade. Entre os vários cuidados a ter, preste-se atenção à mecânica, aos travões e aos pneus, mas também à chapa, à pintura e aos vários sistemas de conforto.

Amortecedores

Os amortecedores duram em média entre 80 mil e 120 mil quilómetros. No entanto, esta média não é linear e depende da utilização do veículo. Assim que perceber que o carro está a demorar mais tempo até parar por completo, ou se sentir alguns saltinhos pelo meio, procure um profissional que substitua os amortecedores.

Ar condicionado/climatização

Durante o Verão, o ar condicionado foi o seu melhor amigo, quando lá fora as temperaturas subiam para lá dos 30 graus. Agora, durante o Inverno, a realidade não é muito diferente: a climatização pode ajudá-lo a conduzir de forma mais confortável, quando no exterior a temperatura não chega aos dez graus… nos dias bons. Além disso, o ar condicionado é um importante aliado na hora de desembaciar vidros e aumentar a visibilidade (e consequente segurança).

Artigo relacionado: Afinal, o ar condicionado gasta mais combustível?

Bateria

A esperança média de vida de uma bateria ronda os cinco anos. Se a sua anda perto de tal idade, pense em trocá-la antes do início do Inverno, uma das épocas do ano em que se exige mais da mesma, tanto pelo maior uso das luzes como pelo uso da climatização.

Chapa e pintura

Percorra a chapa do veículo e faça uma observação minuciosa. Caso encontre riscos ou falhas, trate de os corrigir o quanto antes. Com a chuva também chega a ferrugem…

Escovas dos vidros

Depois das temperaturas elevadas do Verão, o mais natural é encontrar as borrachas das escovas dos vidros ressequidas. Não se esqueça: a visibilidade é essencial para uma condução segura. Troque de escovas, sem se esquecer de verificar a compatibilidade das mesmas com o seu automóvel.

Luzes

Observe a iluminação e tente perceber se alguma se encontra mais mortiça. Para uma condução segura é essencial que os faróis estejam nivelados e com uma intensidade luminosa idêntica, capaz de não o deixar “às escuras”.

Óleo

Não é por ser Inverno, mas já que está a revirar o carro de ponta a ponta mais vale espreitar o óleo e verificar o seu nível, cor e consistência. De qualquer das formas, respeite sempre os intervalos de mudança do óleo, assim como dos filtros.

Pneus

São o único ponto em que carro e solo se encontram e deles depende grande parte da segurança de quem segue a bordo. Por isso, além da sempre aconselhável correção da pressão dos pneus (pelo menos uma vez por mês) e da inspeção visual, que pode detetar anomalias, é aconselhável tomar medidas extra. Comece por verificar o rasto dos pneus – este deve ter um mínimo de 1,6mm de profundidade e o desgaste deve ser uniforme. Embora a vida útil dos pneus possa chegar aos 60 mil quilómetros, pondere trocá-los se já se tiverem passado mais de seis anos desde a última substituição. Nas terras altas, em que é comum encontrar gelo nas estradas, sobretudo nas curvas mais sombrias, procure uns pneus que se adaptem a esse tipo de traçado.
 

Veja todos os carros 4×4 à venda no Standvirtual

 
Travões

Quantas vezes não se põe pé ao travão e, devido ao piso estar molhado ou com gelo, se sente o carro a fugir, mesmo quando os travões estão impecáveis. Isto deve-se ao facto de, com a chuva, a água invadir as frestas do piso trazendo ao de cima o óleo e as gorduras que se acumularam ali ao longo do tempo seco. É o chamado “piso de manteiga”. No entanto, o bom funcionamento dos travões pode evitar dissabores maiores. Leve o carro à oficina e verifique as pastilhas, sem se esquecer de repor o nível do fluido dos travões.

 
Leia também:

 

Redes sociais:
Dúvidas no Standvirtual?

Aceda à secção de Ajuda

210 738 088 * * Dias úteis das 09h às 18h