standvirtual.com Vender Veículo

4 SUV usados a gasóleo até 20.000€

SUV usados gasóleo menos de 20 mil euros

As vendas de automóveis equipados com motores a gasóleo em Portugal estão a baixar drasticamente, havendo cada vez maior preferência pelas mecânicas a gasolina e híbridas, propostas ambientalmente mais corretas e, por enquanto, mais práticas do que os carros elétricos. Porém, para quem faz muitos quilómetros, valoriza o facto de poder pagar menos na bomba de combustível e procura um automóvel que permita aventurar-se também fora de estrada, são os poupados SUV a gasóleo que continuam a fazer mais sentido.

5 SUV usados a gasóleo por menos de 20.000€

Nissan Qashqai dCi 110

Nissan Qashqai usado gasóleo Standvirtual

Quando foi lançado em 2007, o Qashqai arrancou para uma carreira comercial impressionante, impondo um formato totalmente novo num segmento maioritariamente marcado por berlinas de 5 portas e carrinhas. A segunda geração, no mercado desde 2014, foi uma das mais populares, com a alteração profunda da estética na dianteira, incluindo uma nova assinatura visual definida pelo filamento LED e a estreia de sistema de luzes direcionais e comutação automática de máximos nas unidades mais equipadas. A partir do nível de equipamento Tekna, o Qashqai já conta com sistema de alerta que trava autonomamente caso detete uma aproximação brusca ao veículo da frente, a somar à deteção de peões, com travagem e uma lista completíssima de outros itens de segurança. Vistoso por fora e por dentro (as versões pós-2017 já dispõem do novo volante herdado do Micra), o compacto da Nissan não é dos mais espaçosos do segmento, tentando compensar com a quantidade e variedade dos locais de arrumo no interior e na modularidade da bagageira com capacidade para 430 litros na configuração standard. A condução progressiva e serena, sem qualquer pretensão mais desportiva, combina com as credencias do 1.5 dCi de 110 cv (de origem Renault), ótimo de utilizar em regimes baixos e poupado, sendo muito fácil manter o computador de bordo abaixo da fasquia dos 6 l/100 km.

 

Veja todos os Nissan Qasqhai usados a gasóleo à venda no Standvirtual

 
Mini Countryman One D

Mini Countryman usado gasoleo Standvirtual

A atual geração Countryman (que é a 2.ª carroçaria mais vendida do Mini, só atrás do 3 portas) cresceu 20 cm de comprimento e 75 mm entre eixos, mas quando a ideia é não ultrapassar a fasquia dos 20.000 €, a versão original lançada em 2010 é opção a considerar seriamente. Primeiro porque o histórico de fiabilidade do modelo confirma as credenciais quase premium desta espécie de SUV urbano, depois porque crescimento de dimensões do Mini Countryman não melhorou assim tanto a habitabilidade. Os progressos foram especialmente notados na capacidade de carga, com a primeira geração a ficar-se pelos 350 litros. A plataforma é a mesma que serve as gerações anteriores de BMW Série 1 ou o X1, com esquema McPherson à frente e eixo multibraços atrás, mas as afinações da suspensão diferem das usadas pela marca bávara, com ajustes mais desportivos. Dinamicamente, a versão a gasóleo mais acessível na gama do SUV compacto (modelos até 2017 dispõem de mecânica de 4 cilindros de 112 cv) não compromete a imagem mais desportiva do modelo britânico. E mesmo se o mais matulão dos Mini não tem a agilidade divertida dos seus irmãos mais baixinhos, apresenta outros trunfos: versatilidade, estilo e espaço para cinco adultos a bordo.

 
Procura um Mini Countryman a gasóleo em segunda mão?

 
Seat Arona 1.6 TDI

SEAT Arona usado gasóleo

Lançado há menos de dois, o Arona chegou ao catálogo da Seat para preencher toda a franja mais emocional que restava no segmento B, como alternativa ao Ibiza, somando-lhe a imagem desempoeirada da moda e até alguns elementos de estilo inovadores na marca, mais e melhores soluções de modularidade no interior e uma aposta mais forte na personalização. O crossover da marca espanhola assenta na mesmíssima MQB A0 do Ibiza e VW Polo, sem tirar nem pôr. E a relação de proximidade com estes competentíssimos utilitários é ponto de honra para o emblema de Martorell. O habitáculo é espaçoso, à medida do que deve ser exigido a um SUV de aptidões urbanas, facilitando entradas e saídas do habitáculo. O banco traseiro tem ainda o condão de acrescentar ao rebatimento 60/40, o que permite aumentar os 400 litros de capacidade base da mala. Rebatendo-se as costas dos dois bancos, 1281 litros, com espaço para arrumar volumes com 2,3 metros de comprimento (até ao tablier) deitando-se para a frente o encosto do banco do passageiro. O pequeno SUV de segmento B da Seat está disponível com Diesel de 115 cv, mas a versão de 95 deste reconhecido 1.6 TDI chega e sobra para oferecer prestações despachadas, com uma média de consumos de combustível que ronda os 5 l/km.

 

Descubra todos os Seat Arona usados a gasóleo à venda no Standvirtual

 
Dacia Duster dCi 110

Dacia DUSTER gasóleo segunda mao

A par do ótimo compromisso entre preço e equipamento, outra dos grandes trunfos do Duster é o comportamento fora do alcatrão, quer pelos ângulos TT e altura ao solo, quer pelo conforto obtido em estradões de terra duros e exigentes. Provavelmente, um dos mais competentes nesta faixa de preço. As unidades posteriores à atualização de 2018 em Portugal tiveram direito a personalização à medida, com mexidas na suspensão dianteira para reduzir a altura do modelo e permitir classificação como Classe 1 nas portagens. A alteração foi de fábrica e consistiu na aplicação de amortecedores específicos com apoios de molas rebaixados em 20 mm (à frente), num processo que também reduziu a altura ao solo de 21 cm para 18,6 cm, melhorando ainda a atitude dinâmica. O bloco dCi 110 é bastante fiável e capaz de prestações de muito bom nível, bem apoiado pela caixa manual de 6 velocidades. Ativando-se o programa de ECO, conte-se com consumos a rondar o 5 l/100 km.

 

Quanto custa um Dacia Duster usado a gasóleo?

  
Leia também:

 

Redes sociais:
Dúvidas no Standvirtual?

Aceda à secção de Ajuda

210 738 088 * * Dias úteis das 09h às 18h