standvirtual.com

O Nº 1 em Carros
Vender Veículo

5 tendências do sector automóvel para 2019: conheça-as

Tendencias do sector automovel em 2019

Os SUV seguem na moda, os elétricos ganham mais cota de mercado, mas será a tecnologia a maior revolução? Conheça as tendências do sector automóvel em 2019.

Em 2018, e pela primeira vez em 9 anos, na Europa venderam-se mais automóveis a gasolina do que a diesel. A quota desceu de 50,2% para 46,3%, ao passo que nos automóveis a gasolina a quota subiu de 45,8% para os 48,5%.

Este dado mostra aquela que será uma das tendências do sector automóvel em 2019, uma vez que com um maior número de automóveis a gasolina a circular, as emissões de CO2 serão também maiores e, a fim de cumprir as metas de emissões de gases poluentes, haverá seguramente mais incentivos aos carros eléctricos e híbridos nos próximos anos.

Ainda assim, poucas pessoas compreendem a importância da tecnologia e as diversas melhorias que ela poderá proporcionar ao nosso dia-a-dia, tornando processos que poderiam ser complicados em tarefas extremamente simples e, no sector automóvel, os investimentos feitos nos últimos anos começarão a colher frutos nos próximos tempos.

Conheça, então, aquelas que serão as maiores tendências no sector automóvel em 2019.

5 tendências do sector automóvel para 2019: descubra quais são!


As novas tendencias do sector automovel em 2019

1. Carros eléctricos

Os carros eléctricos são cada vez mais uma realidade no mercado automóvel. No entanto, ainda não são muito comuns, correspondendo apenas a pouco mais de 2% dos automóveis vendidos em 2018 (foram vendidos 195 mil automóveis 100% eléctricos).

Neste momento, são mais de 1,3 milhões de automóveis com zero emissões de gases poluentes em circulação nas estradas europeias, sendo que Portugal é o 7º país da Europa onde são vendidos mais carros eléctricos, tendo subido a sua cota 94% em relação a 2017.

Graças aos incentivos fiscais (que podem chegar aos 2250€) e que poderão ser ainda maiores nos próximos anos, devido ao aumento dos preços dos combustíveis (nomeadamente do diesel) e à cada vez maior autonomia deste tipo de carros, em 2019 o número de automóveis eléctricos apresentados e em circulação deverá multiplicar.

2. Aplicações de mobilidade

Já todos ouvimos falar da Uber, Cabify, MyTaxi ou Taxify, mas a verdade é que existem muitas mais aplicações de mobilidade e a tendência em 2019 é para que o número de aplicações deste tipo continue a aumentar, sobretudo no que toca a “transportes complementares”. Referimo-nos ao fenómeno das scooter e trotinetes eléctricas.

A eCooltra e a Lime foram as grandes pioneiras na Europa a lançar este tipo de serviços, que lhe permitem alugar um destes transportes e percorrer qualquer estrada das principais cidades europeias, pagando apenas alguns cêntimos por minuto e tendo a facilidade de o estacionar em qualquer lugar. Apesar destas serem as mais conhecidas, existem várias aplicações deste tipo e cada vez serão mais usadas, o que lhe permitirá usar transportes públicos e poder, depois, usar um destes transportes para se deslocar até ao seu destino final, sem ter que caminhar, fazendo-o de uma forma rápida e amiga do ambiente.

3. Automóveis autónomos

A condução de forma totalmente autónoma continua a ser uma miragem e uma área ainda pouco explorada e muito por culpa da União Europeia, que apenas permite que os automóveis estejam equipados com nível 2 de condução autónoma, requerendo sempre alguma interferência do condutor a cada 15 segundos.

Ainda assim, os automóveis autónomos serão, sem dúvida, uma das tendências do sector para 2019 e serão uma das grandes sensações nos maiores salões automóveis, como o de Detroit, Paris, Frankfurt ou Genebra.

4. SUV

Os SUV seguirão a tendência que se tendo vindo a registar desde o início da década e continuarão a ser o segmento mais forte do mercado.

Actualmente, o mercado dos SUV corresponde a 24% das vendas de automóveis na Europa e, se em 2018 cresceu 2,7%, a expectativa é que continue a crescer ainda mais no próximo ano, pois a implementação de novas tecnologias nestes automóveis torna-los-à ainda mais seguros, ainda mais confortáveis e ainda mais prácticos.

Em 2019, serão apresentadas as novas versões de alguns dos SUV mais vendidos do mundo, como é o caso do Honda CR-V (que, neste caso, já foi conhecido o protótipo, mas apenas estará à venda a partir de Março) e, provavelmente, o rei dos SUV na Europa, o Nissan Qashqai conhecerá também o seu mais recente descendente.

E, quem sabe, não será também 2019 o ano em que finalmente a Ferrari apresentará o tão aguardado SUV super desportivo.

5. Motores cada vez mais pequenos

Actualmente, praticamente todos os modelos de carros mais vendidos na Europa podem ser equipados com motores de 3 cilindros com cilindradas iguais ou inferiores a 1000cc (a Renault, no caso, oferece o Renault Clio ou Captur com um motor de 900cm3).

Esta continuará a ser a tendência dos próximos anos, com as marcas a abandonarem os pesados e obsoletos motores atmosféricos por motores de pequenas dimensões, equipados com um ou mais turbo.

Esta é a medida adoptada pelas marcas para conseguir respeitar os limites de emissões de gases poluentes nas principais cidades europeias e uma forma, também, de conter os custos de produção e a venda dos automóveis mais recentes, podendo dotá-los assim de mais tecnologia, mantendo practicamente os mesmos preços.

Leia também:

5 tendências do sector automóvel para 2019: conheça-as
4 (80%) 2 votos
Redes sociais:
Dúvidas no Standvirtual?

Aceda à secção de Ajuda

211 450 361 * * Dias úteis das 09h às 18h