standvirtual.com

O Nº 1 em Carros
Vender Veículo

Conheça a história da Toyota: do Model AA ao carro mais vendido do mundo

Toyota

É verdade que, actualmente, o carro mais vendido do mundo é um Toyota: o Corolla. Porém, a história da marca japonesa não se resume a este modelo. Saiba mais!

Fundada em plena década de 30, a Toyota foi sempre uma marca muito versátil e icónica, responsável pela producção de automóveis de vários tipos e segmentos: desde carros de luxo a veículos mais comerciais.

Origem da Toyota


História da fundação

A história da Toyota começou bem antes do ano da sua fundação quando em 1922, Kiichiro Toyoda, filho de um empresário japonês da indústria têxtil, visitou Nova Iorque e se apercebeu da importância do automóvel no mundo moderno.

De regresso ao Japão, Kiichiro tentou convencer o seu pai (Sakichi Toyoda) a fundar uma constructora automóvel. Como Sakichi era conhecido como um inventor inspirado e persistente, aprovou a ideia do seu filho, incentivando-o a viajar pelo mundo, visitando as mais famosas constructoras automóveis da época.

O sonho de Kiichiro foi realizado em 1937 quando, finalmente, o seu pai autorizou que o filho criasse na sua própria empresa, a Toyota Loom Works, um departamento especializado em fabricar automóveis, o qual deu origem à Toyota Motor Corporation.

O porquê do nome

Eventualmente, poderá estar a questionar-se: “Se o fundador da marca tinha o apelido Toyoda, por que é que a marca se chama Toyota?”. Esta é uma pergunta legítima e para a qual temos resposta.

Em japonês, o apelido Toyoda é escrito com 10 “traços”, ao passo que para escrever Toyota são necessários apenas 8. Na cultura japonesa, o algarismo 8 é um símbolo de sorte e prosperidade e, como esta marca tinha por objectivo vencer e triunfar no futuro, tornando-se uma referência no mercado automóvel, o fundador da marca adoptou o nome Toyota para o departamento destinado a fabricar automóveis.

Realidade atual

Actualmente, a Toyota emprega mais de 340.000 trabalhadores e está presente em 160 países. Existem, neste momento, 69 fábricas de producção espalhadas pelos 5 continentes, sendo que uma delas está em Portugal.

Modelos mais importantes da história da Toyota


Apresentada a história da fundação, é agora tempo de conhecer quais foram os 7 modelos mais importantes da história da Toyota e perceber o percurso desta marca japonesa até aos nossos dias, em que é a maior constructora de automóveis do mundo.

1. Toyota Model AA

O Model AA foi o primeiro automóvel construído pela Toyota. No total, foram produzidos 1404 Toyotas AA entre 1936 e 1943, ano em que a sua producção foi parada para dar lugar ao mais moderno Toyota AC.

Este sedan de 4 portas era claramente inspirado no Chrysler DeSoto Airflow, mas motorizado por um motor de 6 cilindros em linha de 3.4L, acoplado a uma transmissão manual de 3 velocidades, que foi também o primeiro motor desenvolvido pela Toyota.

2. Toyota Land Cruiser J40

Entre 1936 e 1960, a Toyota foi produzindo vários modelos que foram construindo a sua reputação mundial de veículos fiáveis e mecanicamente bastante avançados. Contudo, se houve um carro que vincou esta reputação da marca japonesa, esse carro foi o Toyota Land Cruiser J40.

Construído entre 1960 e 1984 (no Brasil a sua construcção apenas parou em 2001), este carro foi pensado para durar, pelo menos, 25 anos, sem necessitar de grandes intervenções mecânicas. Ele foi projectado para ser confortável mas, ao mesmo tempo, capaz de enfrentar quaisquer obstáculos pelo caminho com a maior das facilidades.

Hoje em dia, estes carros estão bastante em voga e são considerados verdadeiros clássicos, custando vários milhares de euros.

3. Toyota 2000GT

Os anos 60 foram dos melhores anos de sempre da Toyota, com o lançamento de vários modelos importantes. Depois de conquistado o mercado dos todo-o-terreno com o Toyota Land Cruiser J40, a marca apostou no mercado dos desportivos, lançando o 2000GT.

Apostando num design bastante arrojado e dinâmico para a época, este carro conseguia captar a atenção de todos os transeuntes por onda passava. Apenas 351 unidades foram produzidas, tornando este carro num dos mais especiais de sempre da marca japonesa.

Movido por um motor de 2000cm3 (da capacidade do motor surgiu o nome deste automóvel) e 150 cavalos de potência, este era um automóvel considerado bastante rápido para a sua geração e, sem dúvida, um dos automóveis mais bonitos alguma vez construído.

4. Toyota Hilux

Apesar de ter sido lançada também nos anos 60, foi já em plena década de 80 (na 5ª geração) que a Hilux se transformou naquilo que é hoje: uma das carrinhas mais robustas do mercado.

A sua reputação de carro indestrutível popularizou-se com a participação num episódio da 3ª série do famoso programa britânico “Top Gear”, onde Jeremy Clarkson tentou de 1001 formas “matar” uma carrinha da Toyota com 386.000km no odómetro, descendo fileiras de escadas, deixando-a uma noite submersa no mar e atirando-a do topo de um prédio com mais de 70 metros de altura. A tarefa não foi bem sucedida, na medida em que a Toyota Hilux “pegou” à segunda tentativa, sem ter necessitado de qualquer reparação mecânica.

Se, hoje em dia, a Toyota tem a reputação de produzir carros infalíveis e muito fiáveis, a Toyota Hilux é, sem dúvida, uma das responsáveis por ter colocado esse cunho na marca japonesa.

5. Toyota Celica

O desporto automóvel é muito importante para as marcas, não só como forma de publicidade, mas também como um meio de teste de componentes para utilizar nos carros de producção.

O Toyota Celica popularizou-se entre as massas não só por ter sido um excelente carro desportivo com um preço de aquisição bastante acessível, mas também por se ter destacado no campeonato mundial de ralis, com o piloto espanhol Carlos Sainz ao volante, conquistando vários campeonatos nos anos 90.

O Toyota Celica é, sem dúvida, um dos carros que faz parte da garagem de sonho de qualquer jovem que tenha crescido em plena década de 90.

6. Toyota MR2

O Toyota MR2 é considerado pelos verdadeiros aficcionados do mundo automóvel como um dos carros mais divertidos de sempre para conduzir. A potência não é excessiva, mas o peso também não e este carro mexia-se (e mexe-se) muito bem!

Lançado em meados dos anos 80, era também considerado um modelo extremamente bonito na sua época e o facto de o preço original não ser muito alto, tornou-o também extremamente popular.

7. Toyota Corolla

Desde 1966, o número de Toyotas Corolla vendidos até hoje já superou os 40.000.000. Só nos primeiros 6 meses de 2018, foram vendidas 615.000 unidades.

Desde 2013, e de forma consecutiva, o Toyota Corolla é o carro mais vendido do mundo.

Se estes dados não falassem por si, podemos explicar-lhe o porquê deste ser um dos melhores Toyotas de sempre. Ele é um carro com uma economia de combustível bastante razoável, uma excelente relação qualidade/preço, um dos carros mais seguros do mundo e um dos mais simples de usar e manter.

O Corolla manteve estas mesmas características ao longo das várias gerações e é, por isso, que merece um lugar de enorme destaque na história da Toyota.

Leia também:

Conheça a história da Toyota: do Model AA ao carro mais vendido do mundo
5 (100%) 1 voto
Redes sociais:
Dúvidas no Standvirtual?

Aceda à secção de Ajuda

211 450 361 * * Dias úteis das 09h às 18h